sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Defina "épico":

Segundo o dicionário que eu tenho aqui em casa,

Épico: adj. Que descreve em versos os feitos heróicos: os poemas épicos de Homero. Próprio da epopéia: estilo épico. Extraordinário, memorável: proeza épica.

A definição "extraordinário, memorável", cai como uma luva para o que eu quero falar. Você junta um evento global por uma boa causa (Live 8), a necessidade e o apelo pela causa, e o convite feito a alguns dos maiores nomes da música (antes que alguém pergunte: não, ninguém lembrou da Ivete, tá?) prá fazer parte e ajudar a divulgar o evento.

O Live 8 foi épico. Mas nada foi mais épico que isso aí embaixo... até mais épico que o próprio Live 8... ok, talvez não fosse... mas prá música, não aconteceu nada mais épico que isso nos últimos 20 anos...


Pink Floyd - Comfortably Numb



Pink Floyd - Wish you were here
(o hino que eu sei que todo mundo gosta)

Tem mais duas da mesma apresentação: Breathe e Money.

Prá quem não gosta do Pink Floyd ou não tem noção da coisa, entender a importância dessas 4 músicas é difícil. Mas foi a última vez que os 4 componentes da "última formação" tocaram juntos. E a primeira vez em anos e anos... Roger Waters teria sido "expulso" da banda pelo David Gilmour, ou saiu porque quis (há controvérsias!). Depois disso, o Pink Floyd seguiu seu rumo, mesmo sem Waters.

A banda sempre foi marcada por dissidências, desistências e afins. O lendário (épico?) Syd Barret teve que sair da banda porque vivia louco, diziam que antes da banda desistir de mantê-lo no grupo e chamar Gilmour prá ficar em seu lugar, ele subia no palco e ficava tocando apenas um acorde o show todo. Waters também usava drogas como quem bebia água. Era normal nos livres anos 60/70...

Mas o "The dark side of the moon", considerado por muitos como uma das obras-primas da música mundial, teria recebido a maior influência possível de Waters... fazer o quê, né?

Apesar de todas as dorgas, mano!, uma coisa não morreu: a música do Pink Floyd.

Épico!

4 comentários:

  1. O Roger Walters liberou o porco inflavel? por que se não tiver porco não tem graça...
    hello? hello? is anybody in there?

    ResponderExcluir
  2. Cara, como era um evento com dezenas de bandas, não deu prá montar aquele "circo" característico do Pink Floyd. Ou seja: "the big flying pig", nem pensar... =(

    Prá vc ter uma idéia, no palco do Hyde Park, Londres, onde foi essa apresentação do Pink Floyd, os "trabalhos" começaram no início da tarde, com U2 e Paul McCartney tocando "Sgt Peppers"... e se eu não me engano, acabou com o Pink Floyd.

    Os shows do Live 8 aconteceram em 2008 ,mas ainda conseguimos achar os DVDs por aí, na net... vale a pena, tem muita gente boa tocando...

    ResponderExcluir
  3. Errei! 2008 nada! 2005 (CINCO), carajo!

    ResponderExcluir
  4. Este post está no Deslinks da Semana [6]. Parabéns!!!

    ResponderExcluir

Seguinte: essa bagaça é moderada, mas não tenha medo de comentar. Mas se você xingar a mãe alheia (principalmente a minha) eu dificilmente vou aprovar seu comentário.

No mais, senta o dedo nessa porra!